Bandeiras Tarifárias: O que você precisa saber? | TIVEA Geradores

Bandeiras Tarifárias: O que você precisa saber?

Desde que o país sofreu uma das mais marcantes crises hídricas da história, surgiu a necessidade de criar um sistema de acréscimo nos custos da energia, foi então que a Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica – criou o sistema de bandeiras tarifárias.

O sistema de bandeiras tarifárias cria uma relação entre o valor pago pelo consumidor e o custo atualizado pago pelas geradoras de energia.

Além de indicar que o custo de geração de energia está elevado, por conta do acionamento de termoelétricas para poupar água nos reservatórios, o sistema de bandeiras repassa mensalmente às tarifas parte dos custos adicionais na geração.

Basicamente, o sistema serve para simbolizar como está a produção de energia no país, e é composto por 3 cores distintas: verde, amarelo e vermelho.

A ideia é bem parecida com a do semáforo, cada cor tem a sua representação, e, normalmente, as bandeiras sofrem modificações mês a mês na conta de energia elétrica.

Quer saber o que cada cor significa  e qual o valor cobrado extra? Confira nosso artigo e entenda alguns pontos do sistema de bandeiras tarifárias!

 

Como funcionam as bandeiras tarifárias?

Bandeiras tarifárias

Talvez não esteja bem claro na mente de muitos brasileiros como o sistema de tarifas adicionais funcionam.

Primeiramente, é necessário saber qual o custo de cada uma delas:

 

VERDE

A bandeira verde que a geração de energia é totalmente favorável. Sendo assim, não há nenhum tipo de custo adicional na conta de luz.

 

AMARELA

A bandeira amarela indica que as condições não estão favoráveis, e uma porcentagem da energia produzida não é proveniente da hidroelétrica. O que causa um custo adicional de R$0,010 por kWh.

 

VERMELHA

A bandeira vermelha é a única que acaba sendo subdividida, tendo o patamar 1 e o patamar 2.

Pode-se dizer que a bandeira vermelha é a mais crítica de todas as bandeiras tarifárias. A geração de energia durante essa bandeira não é nem um pouco favorável e uma grande porcentagem vem de termoelétricas.

O custo adicional para o patamar 1 é de R$0,030 por kWh. Enquanto que para o patamar 2 o valor é de R$0,050 por kWh.

 

*Valores fornecidos pela Aneel para 2018.

 

Por que ocorre o acréscimo nas contas de energia elétrica?

O acréscimo nas contas de energia durante o acionamento das bandeiras tarifárias é devido a forma como a energia elétrica é produzida.

A energia quando proveniente de hidroelétricas tende a ser barata, mas quando o volume de chuvas não é o suficiente e os reservatórios ficam com pouca água, menos energia é produzida.

O meio alternativo encontrado para suprir a demanda de energia é o acionamento das termoelétricas, e o custo maior acontece pelo fato de que elas funcionam a partir de combustível.

Conforme o preço do combustível varia, o preço das bandeiras tarifárias também tende a variar.

 

Como contornar as tarifas adicionais?

Quando se tem uma empresa, condomínio ou residência, a simples aquisição de um grupo gerador é o suficiente para contornar o problema com as tarifas adicionais.

Isso porque o valor da tarifa vermelha encarece a conta de energia elétrica consideravelmente, além disso, neste período ocorrem uma quantidade maior de falhas de transmissão de energia, o que poderia ser evitado com a presença de um grupo gerador de energia.

A TIVEA possui planos excelentes que vão facilitar e muito a sua vida e o seu negócio. Além de contar com uma equipe especializada em instalação de grupos gerados, manutenção disponível 24 horas por dia, todos os 7 dias da semana e formas de pagamento diferenciadas.

Em pouco tempo você notará como um grupo gerador será eficiente, reduzindo os gastos com as tarifas adicionais de uma forma muito eficiente.

O que você está esperando para entrar em contato com a TIVEA?

Fale conosco, nós estamos prontos para te auxiliar no dimensionamento do melhor grupo gerador para sua necessidade!Fale conosco Tivea Grupo Gerador

 

 

Grupo Gerador, Queda de Energia , , ,

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *